Policia

Camionete da Emater é roubada e servidores são mantidos reféns

Três funcionários da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater) foram mantidos reféns por mais de oito horas, na quinta-feira (15), na Zona Rural de Nova Mamoré (RO). Os suspeitos roubaram o veículo da empresa.

Os trabalhadores retornavam para o município de Nova Mamoré, após visitas técnicas na Zona Rural. Eles explicaram que trafegavam pela terceira linha, quando foram surpreendidos por dois suspeitos armados.

Depois que um dos suspeitos assumiu a direção do veículo, ficaram cerca de seis horas circulando por estradas da área.

Ainda de acordo com as vítimas, os dois homens estavam em contato com outras pessoas para combinar a travessia do veículo para a Bolívia. Por volta das 19h, perto da linha D, eles desembarcaram os reféns e aguardaram mais duas horas.

Às 22h, os trabalhadores foram libertados. As conversas dos suspeitos teriam confirmado o embarque do veículo para o país vizinho.

Ninguém se feriu fisicamente, mas tiveram pertences pessoais, como celulares e joias, roubados. Até o momento o veículo não foi localizado.

A assessoria da Emater informou em nota, que entre as vítimas estão dois servidores lotados no escritório regional de Porto Velho e um no escritório local de Nova Mamoré. Por volta das 16h em trabalho de supervisão técnica, eles foram alvo de sequestro relâmpago, com o consequente roubo do carro da Entidade.

“Considerando que os empregados não retornaram do trabalho de supervisão no horário previsto e não sendo possível contato telefônico com os mesmos a Emater acionou a Polícia Militar (PM) que determinou diligências e localizou os empregados em estado de choque caminhando na estrada sentido ao município de Nova Mamoré”, consta na nota.

A Emater ainda disse que está prestando assistência aos empregados e colaborando com a investigação do crime.

Via G1

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.