Destaque Ji-Paraná Notícias

Entrega de carnê do IPTU começa dia 7 de abril

Foram confeccionados mais de 52 mil carnês, número de residências cadastradas na prefeitura.

A Secretaria de Finanças (Semfin) da prefeitura de Ji-Paraná, anunciou nesta quarta-feira (31), para o próximo dia 7 de abril o período de entrega do Carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e, ainda, Taxa de Coleta de Lixo. A entrega será feita pelos Correios, ficando também à disposição do contribuinte a retirada do documento no site oficial da prefeitura e no Departamento de Arrecadação, localizado no antigo prédio do fórum criminal da avenida Ji-Paraná. Informou, em primeira mão, o secretário titular da pasta, Luiz Fernando Ribas.

Por telefone, o secretário atendeu a reportagem do Sistema Gurgacz de Comunicação (SGC), para prestar todas as informações sobre o ITPU 2021. Segundo ele, foram confeccionados mais de 52 mil carnês, número de residências cadastradas na prefeitura. Já o valor lançado é superior a R$13 mi, com expectativa de arrecadar pouco mais de R$8 mi. Luiz Fernando informou também que a Taxa da Coleta do Lixo Doméstico, já está incluída neste valor. “O valor da coleta de lixo é de R$4 milhões, mas, atualmente, o município conta com uma defasagem de 50% do total pago para a prestação desse serviço”, esclareceu. No ano passado, dos mais de R$12 mi lançados, a secretaria arrecadou 60%, ou seja, R$8 mi, ficando dentro da expectativa esperada.

Parcelas e desconto

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) é cobrado conforme a classificação das zonas residenciais. O menor valor cobrado (maioria) é de R$100. O IPTU 2021 poderá ser pago em ‘COTA ÚNICA’ no dia 7 de maio, com 10% de desconto, e/ou dividido em até oito parcelas, entre maio e dezembro.

Polêmica

O secretário ainda comentou sobre um vídeo postado nas redes sociais, durante a semana, dando conta que o IPTU chegaria com absurdo aumento a todos os contribuintes. Segundo ele, isso não procede. Luiz Fernando explicou que a Justiça Fiscal foi apenas para a área de alguns condomínios de luxo que estavam pagando taxa mínima de R$100 como se o imóvel fosse apenas R$80 mil. “Realmente, quem pagava R$100, passará a pagar, em média, R$300”, afirmou.

Por J. NogueiraDIÁRIO DA 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.