Destaque Notícias Política

Presidente da Câmara e vice-prefeito recém eleito Joaquim Teixeira, ofende verbalmente Secretário de Saúde de Ji-Paraná

Recentemente um vídeo gravado pelo Secretário de Saúde, DRº Álvaro Galvão, onde ele explicou o motivo da demora da entrega dos leitos da UTI. O secretário foi objetivo e dizer que os Vereadores de Ji-Paraná estão “enrolando e dificultando” a aprovação da entrega dos leitos. “O que nós estamos passando é de chorar”, lamentou o Secretário.

Assista:

O vídeo viralizou nas redes sociais e em seguida, o Presidente da Câmara dos Vereadores e atual Vice-Prefeito eleito Joaquim Teixeira, retrucou e gravou outro vídeo chamando o Secretário de Saúde de mentiroso e irresponsável, pois estava querendo usar a saúde pública para política. “Você está querendo fazer ‘moralzinha’. Aprenda a ser secretário, você é um irresponsável”, acusou o vereador.

 

O Presidente da Câmara Municipal de Ji-Paraná, que vai assumir como vice-prefeito no primeiro dia de janeiro de 2021 ainda esclareceu que o Projeto havia chegado na Câmara na quarta-feira passada e teria que passar por uma longa estrada burocrática para ser levado à votação.

Assista:

O caso chocou todos os moradores de Ji-Paraná que vem sofrendo com o descaso com a Saúde Pública há décadas e também fizeram vídeos em apoio ao Dr. Álvaro Galvão, que foi o único Secretário que teve a coragem de expor o que estava acontecendo nos bastidores da política.

Assista o depoimento de um cidadão revoltado com o descaso dos Vereadores:

Em um outro comentário, um cidadão falou que os Vereadores só colocaram o Projeto para votação, devido a repercussão do vídeo gravado pelo Secretário de Saúde teve.

Não é de hoje que esta enrolação por parte dos Vereadores vem atrasando a vida dos jiparanaenses, pois muitos Projetos importantíssimos são colocados na gaveta por questões partidárias ou até mesmo por interesses próprios, como é o caso da HAVAN, que até hoje não saiu do papel e ninguém mais se fala no assunto.

Por fim, o Projeto foi votado na última sessão, porém a solução ainda não saiu do papel, pois os leitos de UTI do Hospital Municipal de Ji-Paraná ainda não foram inaugurados e, mesmo em meio a Pandemia Mundial do COVID-19, os pacientes são obrigados a se deslocar para Cacoal ou Porto Velho, sem nenhum auxílio para os acompanhantes.

 

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.