Destaque Policia

Preso mais um suspeito de participação em assassinatos de policiais

O foragido Rogério José da Silva, 24 anos, acusado de participação nas mortes do tenente José Figueiredo Sobrinho e do sargento Márcio Rodrigues da Silva, foi preso pela Polícia Militar na noite da última quarta-feira (14), no município de Ariquemes. Os crimes aconteceram no dia 3 deste mês. No mesmo dia, outros seis militares sofreram tentativas de homicídio em uma emboscada.

Os policiais militares receberam uma denúncia anônima informando que o foragido apontado como um dos participantes dos crimes estaria escondido em uma residência, localizada na Rua Curió, no Setor 09 do município.

No local, um morador da casa autorizou a entrada dos policiais, que localizaram Rogério. Ele confessou que esteve em Nova-Mutum na companhia de um homem identificado como Aloncio, que também está sendo procurado pela Polícia.

Ele recebeu voz de prisão, e foi encaminhado para a delegacia da cidade. Nesta manhã, policiais civis transferiram o criminoso para o presídio estadual de Porto Velho, onde ficou à disposição da justiça.

Investigação
No último sábado (10) a Polícia Civil deflagrou a Operação Ordo com o objetivo de cumprir 17 mandados de prisão preventiva. No total, quatro acusados de terem participação nas mortes e tentativas de homicídios já estão atrás das grades.

Outros 13 continuam sendo procurados pela Polícia. Entre os foragidos está Gedeon José Duque que é considerado de alta periculosidade e era o chefe da organização criminosa que armou uma emboscada para os policiais.

Qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos pode ser repassada através do 197 da Polícia Civil ou 190 da Polícia Militar. Não precisa se identificar.

Fonte: Rondoniagora

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.