Geral Região

Rondônia recebe oitava remessa de vacinas contra a Covid-19 e começa a destinar doses para idosos de 75 aos 79 anos

Essa é a sexta remessa de doses da CoronaVac e a oitava recebida no Estado contando com as duas remessas da AstraZeneca

 

O Governo de Rondônia por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) recebeu na Central Estadual de Rede de Frio, em Porto Velho, na tarde desta quarta-feira (10), 12.200 doses da vacina CoronaVac. Esta é a oitava remessa que o Governo Federal por meio do Ministério da Saúde, responsável pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação, encaminha a Rondônia. As doses serão destinadas a imunizar de 27% dos idosos de 75 a 79 anos e 2% dos trabalhadores da Saúde.

A nova remessa será distribuída proporcionalmente aos habitantes dos 52 municípios, por meio das regionais de saúde. Para a Regional de Saúde de Ji-Paraná são destinadas 2.860 doses, 1.420 para a de Cacoal, 1.240 para a Regional de Saúde de Vilhena, 1.720 para a de Ariquemes, 1.460 para a Regional de Saúde de Rolim de Moura e 3,5 mil para a de Porto Velho.

Gradativamente Rondônia alcança os públicos que são considerados prioritários pelo Plano Nacional de Vacinação e avança para ampliar faixa etária imunizada. Em toda a região Norte, as doses foram destinadas para imunizar 100% dos idosos com 90 anos ou mais, 100% dos idosos de 80 a 89 anos, e agora começou a destinação para os de 75 a 79 anos.

Ainda conforme levantamento da Agevisa, até o momento as doses recebidas no Estado também foram destinadas para imunização de 78% dos trabalhadores da Saúde, 100% dos povos indígenas aldeados, 100% de pessoas a partir de 18 anos com deficiência e 100% dos idosos de 60 anos ou mais residentes em instituições de longa permanência.

Ana Flora Camargo Gerhardt, fez apelo para que população adote os cuidados necessários para diminuir o avanço da Covid-19 em Rondônia

De acordo com a diretora-geral da Agevisa, Ana Flora Camargo Gerhardt, Rondônia recebeu até o momento 141.608 doses, sendo 124.608 da CoronaVac e 17 mil da AstraZeneca. A transparência da distribuição das vacinas aos municípios pode ser acompanhada pelo Painel Covid do Governo de Rondônia (https://covid19.sesau.ro.gov.br/Home/Vacina),  sendo os municípios responsáveis pela imunização da população e atualização dos dados que constam no sistema.

A diretora ainda reforçou que o Estado já reservou R$ 50 milhões para compras de vacinas e enviou carta de intenção para aquisição das mesmas aos laboratórios. Apesar de todos os esforços do Governo, o avanço da doença preocupa. A diretora da Agecisa faz um apelo à população, pois mais de 130 pessoas estão na fila de espera por leito de UTI no Estado. ‘‘Não aglomerem, usem máscaras, higienizem as mãos e obedeçam os critérios estabelecidos no Decreto. Só assim poderemos diminuir esse avanço da Covid-19 no nosso Estado”, considera.

VACINAS DESTINADAS AO ESTADO DE RONDÔNIA
Laboratório Sinovac – Butantan (CoronaVac)
REMESSA             DATA DE CHEGADA              QUANTIDADE
1º                                  19/01                                           49.208
2º                                  27/01                                            8.200
3º                                  07/02                                           36.600
4º                                  25/02                                           1.400
5º                                  03/03                                           17.000
6º                                  10/03                                           12.200
TOTAL   124.608
Laboratório AstraZeneca – Fiocruz
1º                                 24/01                                              13.000
2º                                 24/02                                                4.000
TOTAL 17.000

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.